Violência interno
Pro refis

Usuários formalizam 126 denúncias contra o transporte público em Santarém em dois meses

Weldon Luciano - 05/11/2018

O canal direto entre o usuário e a Secretaria Municipal de Transportes (SMT) para o registro de ocorrências, batizado de 'SMT Cidadão', já registrou 126 denúncias. É o que aponta o relatório da secretaria com dados analisados no período de 23 de agosto a 23 de outubro. Atraso e descumprimento de horário, corte e descumprimento de itinerário, deixar de parar para passageiro inclusive usuários com passe livre, destrato com passageiro por parte do motorista ou cobrador, itinerário interrompido por quebra do veículo, acidentes com passageiros machucados, ônibus sujo e danificado e motorista ao celular ou conversando, estão entre os casos registrados.

"Nós recebemos todas as denúncias através de nossa equipe responsável em gerenciar o aplicativo, posteriormente os formulários preenchidos são encaminhados a Divisão de Fiscalização e Operação (DOF) com todas as informações repassadas pelo denunciante, fotos e até mesmo vídeos. Esses formulários são analisados e as empresas de transporte coletivo são notificadas, em caso de reincidência as empresas são penalizadas de acordo com as medidas cabíveis para cada tipo de denúncia”, explicou o secretário de Mobilidade e Trânsito Paulo Jesus.

O envio de denúncias relacionados aos outros serviços de transportes de passageiros como táxi e mototaxi que são fiscalizados pela SMT também estão incluídos. Nos dois meses foram contabilizadas: 2 reclamações relacionadas a táxis, 6 ao transporte individual de passageiros (mototaxi), 5 ao Transporte Intermunicipal.

“Reiteramos que a pessoa não precisa ficar com receio de enviar sua denúncia pois os dados do denunciante são mantidos em sigilo, esse é um canal onde podemos estar mais perto da população, quanto mais as pessoas utilizarem vamos ter cada vez mais conhecimento das irregularidades que ocorrem na oferta do serviço em Santarém", conclui Paulo de Jesus.

As denúncias podem ser feitas para o número: (93) 99147-8232.


  • Imprimir
  • E-mail