Violência interno
Pro refis

Alcoa diz em nota que já havia suspendido atividades em projeto extrativista mencionado pela justiça

Portal OESTADONET - 31/10/2018

Em relação à Decisão da Justiça Federal em Santarém em favor da Ação Civil Pública do Ministério Público Federal que impede a Alcoa de ingressar nas áreas do Projeto de Assentamento Agroextrativista do Lago Grande, em Santarém, a empresa informa que cumpre a legislação aplicável e não realiza qualquer atividade de mineração naquela região, seja pesquisa ou lavra, desde 2008. Desde que tomou conhecimento da Recomendação do MPF, em agosto deste ano, a Alcoa suspendeu, na região do Lago Grande, as atividades regulares de relacionamento institucional comuns em qualquer localidade onde a empresa atua.

A Alcoa esclarece, ainda, que possui requerimentos de lavra em análise, além de autorizações de pesquisa na região do Lago Grande que permanecem válidas em conformidade com as definições da Agência Nacional de Mineração quanto à prorrogação dos alvarás desde que a empresa demonstre diligência para ingresso na área.

A empresa reafirma a preferência a via do diálogo e do estabelecimento de relações de colaboração e confiança com instituições e comunidades, e neste sentido vem realizando contínuos esforços na busca de entendimento mútuo.


  • Imprimir
  • E-mail