Violência interno
Pro refis

Çairé 2018 terá shows de Dedim Gouveia e David Assayag, além de resgate em rito religioso

Weldon Luciano - 11/09/2018

A Prefeitura de Santarém, apresentou nesta terça-feira, 11 de setembro, o selo e a programação oficial do Çairé em 2018. Serão seis dias de festa com uma série de atividades culturais e religiosas que vai do dia 20 a 24 de setembro. O Selo da festividade também foi apresentado e deve auxiliar na identidade visual do evento.  O lançamento ocorreu no Theatro Victória, e contou com a presença de autoridades representando o poder executivo, entre eles, o prefeito Nélio Aguiar, além da Câmara de Vereadores e órgãos de segurança pública.

Na ocasião, foram divulgadas ações que devem ser realizadas simultaneamente como ações contra violência da mulher, trabalho infantil e homofobia. O objetivo é aproveitar a oportunidade em que milhares de pessoas estão aglomeradas, facilitando a difusão do ideal de conscientização. Nesta iniciativa, o Ministério Público do Pará é parceiro do evento e deve estar presente coordenando estas atividades.

O prefeito Nélio Aguiar assinou o decreto que transfere simbolicamente a sede administrativa da Avenida Anysio Chaves para a vila balneária de Alter do Chão durante dos dias da festa. Quanto a programação, o secretário de municipal de cultura, Luis Alberto Pixica destacou que haverá diversas atrações. “É o resultado de todo um planeamento realizado em um ano. O Çairé 2018 vai ser um evento bonito como o do ano anterior e seguro, porque todas as providências para que isso aconteça estão sendo tomadas. Serão dois cantores, o Dedim Gouveia, de forró pé de serra e o David Assayag, que canta diversos ritmos, além da banda Amazon Beach  e muitas outras atrações locais. No sábado teremos a apresentação dos Botos, que são a maior atração desta festa”.

Pixica ressalta ainda que a parte religiosa contará com o resgate de um costume antigo do Çairé que deve retornar a programação oficial. “Teremos a volta da casa do juiz e da juíza, que esteve ausente nos anteriores e se perdeu com o passar do tempo. Este ano estamos resgatando a procissão que vai buscar o juiz e juíza de sua casa real para a festividade. Isso é fundamental para resgatar a essência do Çairé”, conclui Pixica.  

Confira a programação 

 

http://bit.ly/ProgramaçãoÇairé2018


  • Imprimir
  • E-mail