Violência interno
Pro refis

Estreante no Salão do Livro, Livraria do Senado é sucesso de público e já tem exemplares esgotados

Weldon Luciano - 11/09/2018

Servidor do Senado Federal, Luiz Antônio Gomes, obra sobre fundador de Belém e estande da livraria do Senado na feira do livro -

A Livraria do Senado faz sua primeira participação no Salão do Livro do Baixo Amazonas, em Santarém, oeste do Pará. São diversas obras de grande relevância para a literatura, educação, justiça e outros temas que estão disponíveis ao público a preços simbólicos. Em poucos dias, o sucesso foi tanto, que vários títulos já se esgotaram.

Para o servidor do Senado Federal, Luiz Antônio Gomes, a presença da Livraria apesar de ter sido experimental, tem sido considerada como positiva, já que o público correspondeu. “As vendas estão alavancadas e alguns livros do estoque já acabaram. Viemos este ano para fazer uma experiência. O sucesso foi total e nos sentimos lisonjeados pela boa recepção do público que está tendo acesso a vários livros da câmara e do senado”.

O Senado tem um parque gráfico que é um dos melhores do mundo. As máquinas são todas importadas da Alemanha. Sua produção destina uma cota de muitas obras, entre elas a própria Constituição do Brasil, que é repassada aos parlamentares para serem distribuídas por eles. A outra parte é comercializada a preços simbólicos garantindo a difusão de conhecimento e entretenimento da população.  

“O objetivo não é financeiro, afinal, temos livros sendo vendidos a três reais, o que não paga nem a tinta. Nosso objetivo é fazer com que a informação e a cultura cheguem a população que está distante dos grandes centros, incluindo a região amazônica”, ressalta Luiz Antônio.

Entre os títulos podem ser encontrados diversos deles relacionados à Educação, como a Lei de Diretrizes e Bases da Educação que define e regulariza a organização da educação brasileira com base nos princípios presentes na Constituição. Outras obras que são fundamentais na vida do cidadão podem ser encontradas também, como exemplares do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), do consumidor, além de todos os estatutos, como o do idoso e da juventude. A Constituição também está disponível, de forma simplificada e acessível para jovens e crianças. “É importante fazer o contanto das nossas crianças com a constituição.  É gratificante, pois desde cedo elas já podem entender como funciona a carta magna do país e assim a gente forma novos cidadãos”, diz o servidor.

Grandes obras da literatura brasileira podem ser adquiridas em linguagem diferenciada e agrupadas em um box especial editado pela livraria, contendo quatro livros: Dom Casmurro (Machado de Assis), Macunaíma (Mário de Andrade), Triste fim de Policarpo Quaresma (Lima Barreto) e Iracema (José de Alencar). Obras raras do norte nordeste também estão no estoque, entre elas, o livro “A Fundação de Belém”, escrito por Ribeiro do Amaral, professor e escritor maranhense que recontou a jornada de Francisco Caldeira de Castelo Branco, que fundou Belém em 1616. O livro fez parte das comemorações do tricentenário da capital paraense, em 1916, sendo indispensável para o acervo de professores e pesquisadores do tema.


  • Imprimir
  • E-mail