Verão julho

Proprietário do barco que explodiu em Santarém será ouvido hoje pela Marinha

Portal O EstadoNet - 11/10/2016

O proprietário do barco Hanna Vanessa, que explodiu na última quarta-feira após abastecer 800 litros de gasolina, provocando a morte de dois passageiros e ferimentos, fraturas e queimaduras em 16 tripulantes e passageiros, será ouvido nesta terça-feira(11) pelo encarregado de conduzir o inquérito marítimo aberto pela Capitania Fluvial de Santarém.

Várias testemunhas já prestaram depoimento desde a última sexta-feira. Ainda esta semana será ouvido o responsável pelo abastecimento dos galões ou tambores que foram armazenados, provavelmente, nos porões da embarcação, o que pode ter sido a causa da explosão quando a embarcação acabara de deixar o porto do DER, no bairro da Prainha

A embarcação havia chegado da região do Lago Grande, comunidade de Piraquara, e desembarcado passageiros próximo à Praça da Matriz e seguiu até o porto do DER para abastecer 800 litros de combustível. Após seguir viagem, a menos de 50 metros da praia, houve uma explosão, partindo o casco ao meio. A parte de madeira que não afundou pegou fogo.

16s vítimas foram socorridas pelas ambulâncias do SAMU e Corpo de Bombeiros e levadas para o Hospital Municipal. Todas receberam alta. Carlos Campos do Amaral Neves, 20 anos, filho do dono da embarcação segue internado em estado grave na UTI do Hospital Regional do Baixo-Amazonas, com queimaduras em cerca de 80% do corpo.




  • Imprimir
  • E-mail