Doe Sangue
Não a Violencia
Aniversário STM

Buracos, alagamentos e acidentes na BR-163 são ignorados pelo 8º BEC

Portal OESTADONET - 21/05/2018

Créditos: Caminhão tomba na BR-163 e mata motorista. Foto: Quarto Poder

Iniciado em agosto do ano passado, o serviço de recuperação asfáltica em trechos críticos da Br 163, na zona urbana de Santarém, não teve prosseguimento e os resultados são diversos acidentes automobilísticos, alguns com vítima fatal, como ocorreu no último domingo (20).

Uma motociclista morreu ao desviar de um buraco, quando trafegava no sentido centro-bairro da Br 163, perdeu o controle do veículo e foi lancada na outra pista, sendo atingida por um carro e outra motocicleta que trafegavam em sentido contrário.

A prefeitura de Santarém fez uma parceria com o 8º BEC para a execução desses serviços, mas as obras se limitaram à área do cruzamento da Br 163 com a avenida Moaçara. No dia 11 de abril, moradores do bairro da Marinha bloquearam a rodovia em protesto contra a demora na execução de serviços de drenagem da pista, a cargo de uma empresa terceirizada pelo DNIT.

Lideranças políticas e comunitárias de Santarém criticam a omissão do exército na manutenção e trafegabilidade do trecho entre Belterra e o porto de Santarém.

A falta de ação do 8º BEC, por exemplo, é responsável pelos constantes alagamentos na comunidade Tabocal, além de alagamentos e acidentes na comunidade do Cipoal.

No dia 8 de maio, um motorista pulou da carreta de soja em movimento antes do veículo despencar em uma ribanceira.

Na zona urbana de Santarém, entre o viaduto e o porto, a rodovia apresenta alagamentos na pista e nas laterais, quando chove, como ocorreu no dia 27 de fevereiro, quando um igarapé transbordou. Há vários trechos esburacados, como no que ocorreu o acidente no último domingo.

Segundo a prefeitura, a Polícia Rodoviária Federal fiscaliza e multa os motoristas porque se trata de uma rodovia federal, mas essa justificativa não se aplica no caso do 8º BEC , que seria responsável, mas não faz a manutenção desse trecho.

Líderes comunitários se queixam que o comandante do 8º BEC  não dialoga com a comunidade das áreas de influência do traçado da Br 163, na zona urbana de Santarém.


  • Imprimir
  • E-mail