Doe Sangue
Não a Violencia
Aniversário STM

Tapajós é a segunda região mais visitada pelos turistas no Pará

Com informações de Israel Pegado - 13/03/2018

A região Tapajós, no oeste do Pará, tem recebido um número cada vez maior de turistas, oriundos das mais diversas partes do mundo atraídos pelas belezas naturais, como as praias de água doce que se mostram exuberantes no auge do verão amazônico, além do famoso encontro dos rios Amazonas e Tapajós. De acordo com os dados divulgados, este mês, pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur) e o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos do Pará (Dieese-PA), o Pará recebeu mais de 1 milhão de turistas em 2017, sendo a região do Tapajós a segunda mais procurada, ficando atrás apenas da região metropolitana de Belém.

 

Para o Tapajós se deslocaram 174.586 pessoas no ano passado, que significaram 17,39% do total de turistas do Pará. Comparativamente, a capital recebeu 638.606 visitantes, ou 63,61%.

 Festival dos Botos do Çairé é realizado na segunda quinzena de setembro. Foto: Agência Pará

Um dos locais mais visitados no Tapajós é a Vila de Alter do Chão. A comerciante Juana Galvão, proprietária do restaurante Espaço Alter do Chão, conseguiu perceber o aumento do fluxo de turistas nos últimos dois anos. Segundo ela, os impactos positivos repercutem em todos os setores ligados ao turismo. 

 

“É inquestionável o aumento do fluxo de pessoas na região e todos nós ganhamos com isso. No período da virada de 2017 para 2018, recebemos um número de turistas nunca antes visto, e este é um reflexo da divulgação das nossas riquezas por meio da mídia nacional e até internacional. O oeste do Pará passou a ser uma alternativa diferente para aqueles que buscam conhecer a Amazônia, sendo que antes o foco era somente o Estado do Amazonas”, comentou.

 Juana Galvão, proprietária do Espaço Gastronômico de Alter do Chão. Foto: Agência Pará

Juana Galvão avalia ainda que os trabalhadores locais estão buscando se preparar cada vez mais para oferecer serviços de qualidade aos visitantes. “Os ramos de hotelaria, comércio e entretenimento vêm se capacitando para oferecer os melhores serviços. Por isso, convidamos a todos que queiram conhecer nossas belezas naturais e também a nossa gastronomia que é peculiar, bastante diferente da capital paraense, por exemplo.”, convidou.

 

Há 18 anos no ramo de hotelaria, Irene Belo, proprietária do Beloalter Hotel, tem clareza de que a capacitação dos funcionários deve ser uma constante para o do melhor atendimento aos visitantes. “É primordial que toda a equipe receba treinamentos. Não basta trazer clientes, é preciso saber atender suas necessidades e aspirações”, declarou. No estabelecimento, o maior fluxo de turistas ocorre no Carnaval, Festival do Çairé e Revéillon, ficando com uma ocupação média de 45% entre os meses de julho e fevereiro.

Irene Belo Zampietro, proprietária do Belo Alter Hotel ( de blusa azul). Foto: Agência Pará

Nos últimos dois anos, o Beloalter Hotel recebeu alto número de turistas estrangeiros vindos da Alemanha, França, Estados Unidos, Áustria, Inglaterra, Suíça, Itália e Noruega. Ela conta que boa parte de sua equipe participou do Programa Estadual de Qualificação do Turismo (PeqTur) da Setur, assim como de cursos do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). “O retorno do PeqTur seria de grande valia para a qualificação da mão de obra na região”, anseia.

 

Investimentos

 

Para contribuir com o incremento do turismo no Tapajós, estão em andamento as obras de ampliação da PA-457 (Rodovia Everaldo Martins), que liga o município de Santarém à Vila de Alter do Chão. Para esta obra, o investimento do Governo do Estado é de R$11.316.789,36 e compreende toda a extensão da via 28,68 km com implantação de acostamento com pavimentação, rotatória, ciclovia, sinalização e iluminação em toda sua extensão. A entrega da nova rodovia deverá ocorrer em julho deste ano, antes do período mais intenso de fluxo de turistas na localidade, por conta do Festival do Çairé, em setembro.

Recentemente, o governador Simão Jatene assinou a Ordem de Serviço para construção do novo sistema de abastecimento de água da Vila, orçado em R$ 11 milhões, que vai levar água de qualidade aos mais de sete mil habitantes de Alter do Chão.

 

Além disso, em breve, Santarém ganhará um novo Terminal Hidroviário de Cargas e Passageiros, uma estrutura portuária que deve atender, em média, entre 50 a 60 mil passageiros por mês.

 

Expectativas

 

As projeções do turismo para 2018, abrangendo todas as regiões do Pará, mostram um cenário equilibrado de fluxo de turistas e receitas se comparado com o ano passado. As estimativas levam em conta que o Produto Interno Bruto (PIB) voltou a crescer - alta de 1% no ano passado, em especial por conta do Agronegócio – e isto deve contribuir para puxar o setor de Serviços, no qual a atividade turística está alocada. “O cenário mostra que deverá haver um incremento positivo, a partir do segundo semestre. Estamos com uma projeção muito conservadora, devido ao panorama nacional. Mas espero que, ao final de 2018, possamos nos deparar com números positivos na economia do turismo no Estado do Pará”, explicou Adenauer Góes, secretário de Estado de Turismo.

 

Para que os turistas consigam mais informações sobre os potenciais do Pará, foi lançado o novo site do turismo, que é owww.visitpara.com. A novidade é que a plataforma online se adequa à linguagem do país de onde é acessada, ou seja, se o usuário acessar da Espanha obterá o conteúdo em espanhol.

 


  • Imprimir
  • E-mail