Miguel Oliveira, Editor do Portal OESTADONET

O juiz Alexandre Rizzi, da Primeira Vara Criminal de Santarém, condenou a seis anos de prisao cinco pessoas acusadas pelo Ministério Público por terem cometido crime de tortura contra a professora Geuciane Lopes Nobre, ocorrido no dia 25 de janeiro de 2017, em Santarém.

Foram condenados Marilza Serique, Samai Serique dos Santos Silveira. Saron Serique Navarro, Júlio Cezar Serique Navarro e Juscelino Ferreira.

A pena base dos condenados é de 5 anos majorada para 6 anos pelo agravante da natureza hedionda do crime. O juiz determina que o cumprimento da pena seja no regime inicialmente fechado, sem direito a sursis.

Alexandre Rizzi absolveu Samaibe Saron do crime de roubo do celular da vítima.

Dessa condenação, cabe recurso, em liberdade.

Link da decisão: https://consultas.tjpa.jus.br/consultaprocessoportal/consulta/baixarDocumento.action?cdDocumento=20180133822520&cdInstancia=1

Esta matéria está sendo atualizada.




Comente no Site (Clique Aqui)


Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Comente no Facebook (Clique Aqui)


Última modificação em Sexta, 06 Abril 2018 14:01