Portal OESTADONET

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) informou, domingo, que durante o final de semana, profissionais da equipe de fiscalização do órgão, que estavam no plantão de sábado (2) para domingo (3), foram agredidos por pessoas que mantinham o volume do som de seus veículos acima dos padrões permitidos,  quando estavam em operação na orla de Santarém.

Na manhã de domingo, era visível a sujeira no calçadão e, nas redes sociais, foram registradas reclamações de moradores da avenida Tapajós por causa da poluição sonora. Centenas de comentários de internautas criticaram a falta de fiscalização e a ação dos vândalos.

A reportagem do Portal OESTADONET registrou a destruição de um vaso, em frente ao terminal fluvial turístico, e dezenas de garrafas de bebidas jogadas no passeio. Garis da Prefeitura realizaram a limpeza por volta de 9 horas de domingo.

A Semma justificou a suspensão da operação na orla porque os fiscais agredidos tiveram que se dirigir à Delegacia de Polícia Civil, onde prestaram ocorrência, o que demandou longo espaço de tempo e acabaram tendo o plantão prejudicado. Por isso, a ação da PM no local também foi suspensa.

O prefeito Nélio Aguiar, em contato com a reportagem, lamentou o vandalismo na orla da cidade e adiantou que deve se reunir com vereadores para sugerir a atualização da lei de funcionamento dos bares e incluir no texto um capitulo que trate de normas para consumo de bebida alcóolica em locais públicos;

Nesta segunda-feira, a Seminfra vai registrar um boletim de ocorrência na delegacia de polícia para abertura de inquérito para tentar identificar os responsáveis pela depredação do patrimônio público.




Comente no Site (Clique Aqui)


Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Comente no Facebook (Clique Aqui)


Última modificação em Segunda, 04 Setembro 2017 07:38