Portal OESTADONET, com informações de Jéssica Santos

Cerca de 90 por cento das pessoas atendidas pelo Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas- CAPS AD III 24h, em Santarém, no oeste do Pará, no primeiro semestre deste ano, são usuários de álcool e crack, de acordo com levantamento feito a pedido do Portal OESTADONET..

De 273 pacientes novos acolhidos de janeiro e junho, 186 usuários consomem múltiplas drogas ( álcool e crack), 55 fazem uso somente de álcool e 2 de crack, totalizando 243 pessoas atendidas. Dependência a tabaco(17), cocaína(4) e maconha(9) completam os tipos de drogas lícitas e ilícitas consumidas pelos pacientes do centro.

O CAPS AD III 24h, mantido pela Prefeitura de Santarém, tem a finalidade de atender indivíduos com dependência de álcool e outras drogas.  O tratamento é realizado por meio de atendimentos individuais de Clínica Geral, Psiquiatria, Enfermagem, Psicologia, Terapia Ocupacional e Assistência Social, atendimentos grupais aos usuários e familiares, oficinas terapêuticas, visitas domiciliares e orientações de prevenção a saúde com base na redução de danos. 

Também fora m acolhidas neste primeiro semestre - hospitalidade diurna e noturna- 131 pessoas que permaneceram, em média, de cinco dias a duas semanas, recebendo atendimento integral da equipe multidisciplinar do CAPS AD III 24H, com medicação, alimentação e todos os cuidados necessários para a desintoxicação. 

O centro recebe ainda encaminhamento da rede de assistência psicossocial (CRAS, CREAS, Tribunal de Justiça, Delegacia da Mulher, Maria do Pará, Conselho Tutelar, 5° Vara, 7° Vara, 14° Vara, além da demanda de outros municípios do Oeste do Pará. Ou seja, a comunidade em geral. 

Número de atendimentos realizados no CAPS AD III 24h:

Total de pacientes cadastrados até junho de 2017: 2.150 (usuários cadastrados em 7 anos de funcionamento do CAPS AD III 24H.)

Média de pacientes que são atendidos mensalmente no serviço: 270

Casos novos acolhidos de janeiro a junho de 2017: 273, sendo 41 do sexo feminino e 232 do sexo masculino. 

273 acolhidos (cadastrados no ano de 2017): 01 criança e 46 adolescentes (12 a 18 anos)

Tipos de drogas em uso no momento que deu início no tratamento no CAPSad III:

Álcool- 55

Tabaco- 17

Crack-02

Cocaina-04

Maconha-09

Múltiplas drogas em uso (Sendo álcool e crack predominantes) -186.

(Fonte: CAPS AD 2h)

 




Comente no Site (Clique Aqui)


Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Comente no Facebook (Clique Aqui)


Última modificação em Sexta, 14 Julho 2017 10:52